Alimentos que Previnem o Câncer

Alguns alimentos previnem o aparecimento do câncer. Segundo especialistas eles podem manter a doença bem longe de seu corpo. Por isso é importante algumas mudanças nos hábitos alimentares.

Confira abaixo a lista dos alimentos que previnem o câncer:

Azeite de oliva:

Estudos da Universidade de Northwestern (EUA) apontam: uma das propriedades do óleo é capaz de danificar o gene cancerígeno responsável por 25% a 30% de todos os cânceres de mama.

Consumo diário: 1 colher (sopa).

Vinho:

Segundo Débora La Regina, nutricionista do Centro Paulista de Oncologia, o resveratrol – uma molécula contida na bebida – inibe etapas necessárias ao desenvovimento da doença.

Consumo diário: 1 taça.

Alho:

Nos Estados Unidos, o Instituto Nacional do Câncer estabelece uma relação entre o consumo de alho e a diminuição do risco de câncer de estômago, esôfago, pâncreas e mama.

Consumo diário: 1 colher (café) de alho moído.

Frutas cítricas:

Possuem polifenóis e terpenos, componentes que reduzem a capacidade de reprodução da célula cancerosa. Exemplos: lima-da pérsia, limão, laranja.

Consumo diário: 1 copo do suco da fruta.

Chá-verde:

O centro japonês de pesquisa Saitama Cancer  Center Institute revela: além do câncer, o chá também previne doenças cardiovasculares.

Consumo diário: 1 xícara (chá).

Soja:

O grão é rico em isoflavona, composto inibidor da ação de enzimas ligadas ao desenvolvimento da doença.

Consumo diário: uma porção de 30 g.

Tomate:

A fruta contém licopeno e carotenóide, substâncias que podem reduzir o risco de câncer de próstata. “Além de antioxidante e laxante, é capaz de ajudar o organismo a combater infecções”, afirma a nutricionista Bianca Innocencio.

Consumo diário: 2 unidades.

Cebola:

Atua no bloqueio das nitrosinas, substâncias tóxicas que causam câncer.

Consumo diário: 1 colher (chá) de cebola moída.

Verduras crucíferas:

Acredita-se que o glicosinolato, componente presente nas couves, brócolis e rabanetes, seja responsável pela redução do risco de desenvolvimento de câncer de mama.

Consumo diário: uma porção de 60 g.

Cúrcuma:

Estudos com ratos mostram que a planta (também conhecida como açafrão-daterra) pode inibir a proliferação de células cancerígenas.

Consumo diário: 1 colher (chá).

Cacau:

“Contém polifenóis, componentes com ação antioxidante ecapazes de proteger as células do organismo”, afirma Roseli Ueno Ninomiya, nutricionista da USP.

Consumo diário: 40 g de chocolate meio amargo.

Frutas vermelhas:

Um artigo do jornal americano Journal of Agricultural and Food Chemistry mostra que as propriedades anticancerígenas de frutas como morango e framboesa neutralizam, reduzem e reparam as consequências da ação oxidativa do estresse e de inflamações.

Consumo diário: 1 xícara (chá).

DEIXE CRU
Coma verduras cruas ou cozidas no vapor. O calor excessivo faz com que elas percam propriedades importantes

Fonte: www.mdemulher.abril.com.br